Total de visualizações de página

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

“ VARAIS EM BELÉM” é uma ação literária que acontecerá no Atelier Cultural "Corredor Polonês” (Tv. General Gurjão, 253) no dia 03 de março às 20 h e na Praça do Carmo dia 04; que os poetas Guilherme Mansur (mineiro de Ouro Preto) e Josette Lassance (paraense de Belém) irão participar.







O título (recorre aos antigos varais que se participava como manifestação marginal das décadas de oitenta na geração mimeógrafo (iniciada na década de setenta para burlar a ditadura), faz um recorte retrô do movimento e literalmente se expõe a poesia no varal, além da performance que Mansur e Josette prometem realizar. Por outro lado “Varais em Belém”, como uma expressão muito utilizada – quando se quer chegar a algum lugar através de uma alameda, se pergunta: - Vara? – Varais em Belém é tudo isso – e como Guilherme não conhece nossa cidade, fizemos um trocadilho com a palavra VARAIS.






Existe um lado lúdico aqui com a palavra, Mansur como tipógrafo e poeta, Josette como iniciante em haicais, enfim, uma mistura e um grande encontro de pessoas que apenas querem levar suas poesias à cidade.






UM POUCO SOBRE OS DOIS:


Guilherme Mansur, escritor e poeta, já assinou cadernos como o “Mais” e “Folhinha”, da Folha de São Paulo. Dirigiu, com alguns cinéfilos de Ouro Preto, o cineclube “Bené da Flauta”, que tinha como proposta exibir filmes do cinema independente. Recentemente lançou nova edição de haikais intitulada “Bahia Baleia” e também o ensaio tipográfico “Espera Poesia”.






Nasceu em Ouro Preto/MG. Tipógrafo e poeta, sua poesia também desdobra-se em instalações, videopoemas e poemas-objetos. Publicou Haicavalígrafos, Bandeiras — Territórios Imaginários, Bené Blake, Barrobeat, Bichos Tipográficos, La Roda, Bamboletras, M O D U L A Ç Ã O (em parceria com Waly Salomão e Luiz Zerbini), Gatimanhas & Felinuras (em parceria com Haroldo de Campos) e Bahia Baleia (haikais).


( ( ( ( ( ( ( telhados ) ) ) ) ) ) )


( ( ( ( ( ( ( telhados ) ) ) ) ) ) )


( ( ( ( ( ( ( telhados ) ) ) ) ) ) )


( ( ( ( ( ( ( telhas sobre ) ) ) ) ) ) )


( ( ( ( ( ( ( telhas ) ) ) ) ) ) )


( ( ( ( ( ( ( tê-las sobre ) ) ) ) ) ) )


( ( ( ( ( ( ( estrelas ) ) ) ) ) ) ) (Guilherme Mansur,






Josette Lassance, escritora, poeta e professora de História e de Arte, publicou seis livros, entre eles: O Prédio (contos, 2002); Galeria dos Maus (poemas, 1999); No Último Desejo a Carne é Fria (em parceria com Olga Savary, Israel Gutemberg e Carlos Correia, 2006) e Os Cinco Felizes, Ed. Pakatatu, 2009).






Escreve para alguns sites e revistas: cultura Pará (Belém); Editora Protexto (Curitiba), Labirinto Literário ; Ver-o-poema; VIVAVAIA (Porto Alegre); Parazerozero, entre outros.






Fez videopoemas (deserto-cão, crema-ação; menupoesia) e um documentário “figurantes urbanos”.






Na tentativa de burlar sua timidez, fez parcerias com diversos poetas em saraus, performances e vídeos, entre eles Olga Savary, Carlos Correia, Luis Carlos França, Alex Hamburguer, Carlos Ferraiuolo, Guilherme Mansur entre outros.






pássaros secos


o ninho de metal


ovos de acrílico: nascem cucos.


(Josette Lassance)